Rodovia dos Imigrantes

Fonte: SAPO Saber, a enciclopédia portuguesa livre.

SP-160
Rodovia dos Imigrantes
(nome oficial)
Trecho da SP-160
Extensão 72 km (45 mi)
Inauguração 1974 (pista norte)
2002 (pista sul)
Limite norte Av. Prof. Abraão de Morais em São Paulo, SP
Interseções

SP-041 Interligação Planalto
SP-055 Padre Manoel da Nóbrega

Limite sul Avenida Ayrton Senna em Praia Grande, SP
Concessão Ecovias (desde 1998)
Parte do Sistema Anchieta-Imigrantes
Rodovias Estaduais de São Paulo
<
SP-160
>

A Rodovia dos Imigrantes (SP-160) é uma importante rodovia do estado de São Paulo. Tem 44 viadutos, sete pontes e catorze túneis, em 58,5 km de extensão, de São Paulo a Praia Grande, no litoral sul paulista.

É a principal via de acesso da cidade de São Paulo à Baixada Santista e ao litoral sul paulista, e possui um tráfego intenso de veículos, sobretudo durante o verão e em feriados.

A Rodovia dos Imigrantes faz parte de um complexo de estradas denominado Sistema Anchieta-Imigrantes, dos quais fazem parte também as seguintes rodovias: Anchieta, Padre Manoel da Nóbrega e Cônego Domênico Rangoni.

Em 23 de janeiro de 1974 foi lançada a pedra fundamental da rodovia que seria inaugurada em 1976, considerada então um projeto revolucionário: a pista é composta predominantemente de viadutos e túneis atravessando a Serra do Mar. Esta deveria ser apenas a pista ascendente (litoral-São Paulo) das duas pistas previstas para a Imigrantes, mas era revertida para a direção em que o tráfego fosse mais intenso, mesmo porque a construção da segunda pista não se concretizou por anos.

A Rodovia dos Imigrantes cortando a represa Billings
A Rodovia dos Imigrantes cortando a represa Billings

A empresa privada Ecovias recebeu a concessão por um período de 20 anos para a operação e manutenção de todo o Sistema Anchieta-Imigrantes em 27 de maio de 1998. Dentre outras exigências, o contrato estabelecia que a concessionária deveria construir a pista descendente da Rodovia dos Imigrantes. Esta pista foi inaugurada em 17 de dezembro de 2002. Com um projeto refeito em relação ao original, de 1986, a pista descendente possui túneis ainda mais longo e viadutos mais modernos que os da pista ascendente[1][2].

Ambas as pistas da Imigrantes são reversíveis. A administração do Sistema Anchieta-Imigrantes mantém a prática de reverter as pistas para um único sentido quando o tráfego é muito intenso: geralmente, às vésperas de feriados prolongados (em que as pistas são revertidas para o sentido capital-litoral), ou ao final destes (quando se revertem as pistas para o sentido litoral-capital).

A Pista Norte da Imigrantes possui onze túneis. Já a Pista Sul possui quatro, sendo dois deles os mais extensos túneis rodoviários brasileros, o primeiro com 3.146 metros e o outro com 3.009 metros de extensão. Túneis e viadutos tão extensos foram necessários para que o impacto ambiental sobre a Serra do Mar fosse mínimo na construção da Pista Sul. A construção da Pista Norte, na década de 1970, exigiu o desmatamento de 16.000.000 m2, já a construção da Pista Sul, inaugurada em 2002, desmatou apenas 400.000 m2.

Índice

[editar] Pedágios

Via aérea da rodovia
Via aérea da rodovia

A Rodovia dos Imigrantes é uma via pedagiada desde sua inauguração. Como em todas as rodovias que sofreram concessões, o valor do pedágio da Imigrantes sofreu fortes aumentos, mesmo descontada a inflação[3], considerados excessivos por parte significativa dos usuários[4].

Atualmente (janeiro de 2009), o pedágio da Rodovia dos Imigrantes é o mais caro do estado de São Paulo, a R$ 17,00, válido para uma viagem de ida e volta. No trecho de planalto, a Rodovia dos Imigrantes apresenta três pedágios de bloqueio para o acesso às localidades lindeiras.

[editar] Trajeto

O trajeto da Rodovia dos Imigrantes cruza os seguintes municípios, todos no estado de São Paulo.

São Paulo Diadema S.B. do Campo São Vicente Cubatão Praia Grande

[editar] Sistema Anchieta-Imigrantes

Ver artigo principal: Sistema Anchieta-Imigrantes

[editar] Imagens

[editar] Referências

  1. [1]Ecovias, sobre a duplicação da rodovia
  2. [2]Idem, sobre a concessão da rodovia
  3. [3] Infomoney, 30 de maio de 2006. Artigo sobre pesquisa do IPEA comparando o aumento dos pedágios com a inflação.
  4. [4] O Globo online, 26 de abril de 2006. Reportagem sobre pesquisa do Ibope que mostra insatisfação dos usuários de pedágios

[editar] Ver também

Outras principais rodovias do estado de São Paulo

" style="vertical-align:middle; padding-left:7px; width:0%;">}}}}


<td rowspan="{{#expr:1 +1 +1 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0 +0" style="vertical-align:middle; padding-left:7px; width:0%;">}}}}

Ferramentas pessoais
Outras línguas